Pouso Alegre 24 horas

Caso Henry Borel: STJ mantém soltura de Monique Medeiros e nega liberdade a Jairinho

Por P.A 24H em 28/09/2022 às 08:10:55

A professora Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, permanecerá em liberdade. A decisão foi feita pela 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta terça-feira, 27. O Ministério Público Estadual, o Ministério Público Federal (MPF) e o pai do menino, o engenheiro Leniel Borel, queriam que ela voltasse para a cadeia e enviaram pedidos ao STF pela revisão da decisão monocrática do ministro do STJ, João Otávio de Noronha, que revogou a prisão no final do mês de agosto. De acordo com os ministros, não estão mais presentes os requisitos necessários para manutenção da prisão preventiva de Monique. Por outro lado, os ministros do próprio STJ negaram, também nesta terça, o pedido de habeas corpus em favor do ex-vereador Dr. Jairinho. O pai de Henry Borel indignou-se com da decisão pela soltura: “Infelizmente o STF e o STJ limitaram o assistente de acusação. Que é mais uma forma declarada de cerceamento do direito da vítima. Entretanto, vamos buscar um meio legal e estamos acreditando que o Ministério Público Federal irá recorrer dessa decisão”. Jairinho e Monique Medeiros são réus na Justiça fluminense pela morte de Henry Borel. As acusações são de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, com direito a tortura e sem possibilidade de defesa. A expectativa é que ainda neste ano ambos sejam julgados em júri popular.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Fonte: JP

Comunicar erro

ComentĂĄrios